A Formação Docente de Rondonópolis/MT: Um Olhar Sobre o Brincar no Cotidiano das Unidades de Educação Infantil

Por: Maria Cristiana da Silva Vilela.

2007 05/09/2007

Send to Kindle


Resumo

Este estudo tem como objeto de pesquisa o brincar, objetivando investigar como o brincar está presente na Educação Infantil, que concepção de brincar têm os professores que atuam na Educação Infantil, e quais são as contribuições têm os professores em relação às suas necessidades. A questão problematizadora é: como o brincar está presente na Educação Infantil? Para chegar à resposta faço uma contextualização do campo de pesquisa, do objeto e dos sujeitos de pesquisa em uma Unidade Municipal de Educação Infantil em Rondonópolis/MT. Diversos autores que estudam o brincar me auxiliam na fundamentação teórica, tais como: Chateau (1984), Vigotsky (1994), Leontiev (1994), Benjamim (1982), Brougère (1995), Kishimoto (1996). Com relação à formação de professores, os autores que fundamentam esta pesquisa são: Pérez Gómez (1992), Garcia (1999), Kramer (1992, 2006), Kishimoto (1992) e Mizukami (2004). Através de uma pesquisa qualitativa, com embasamento teórico em Bogdan & Biklen (1994) e André (2005), utilizo os seguintes instrumentos de coleta de dados: ficha diagnóstica (I), e (II), observação participante com registro em protocolo e entrevista. A análise dos dados é feita através de 2 eixos temáticos: eixo temático 1 [E-1] 1º sub-eixo: O brincar e demais atividades realizadas cotidianamente e eixo temático 2 [E-2]: 2º sub-eixo: Trajetória profissional/pessoal do professor e 3º sub-eixo: o papel do professor e da Educação Infantil. A análise dos dados permitem-me compreender que, o brincar está implícito no cotidiano da Educação Infantil, embora dependente de uma rotina que delimita o tempo da criança em detrimento do tempo dos adultos. O brincar acontece dentro da sala-de-aula dirigido pelo professor, com o objetivo de aprender conteúdos programáticos. A sala de aula é um ambiente em que a criança fica esperando ser dirigida, só demonstrando sua autonomia nos espaços extra-classe. Tais resultados me levam-me a considerar a necessidade de uma formação continuada mais específica para os professores, em relação à grande importância do brincar, para o desenvolvimento da criança na Educação Infantil.

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.