A Formação do Profissional de Educação Física e a Perspectiva da Saúde Pública

Por: Camila Milan Paulo.

94 páginas. 2013 11/04/2013

Send to Kindle


Resumo

A ampliação do campo de trabalho do profissional de educação física há algumas décadas passou a considerar sua atuação na área da saúde e a instituição das Diretrizes Curriculares Nacionais (DCN) para a graduação em educação física lançadas no ano de 2004 trazem também esta perspectiva, assim o presente estudo teve como objetivo analisar a formação do profissional de educação física das instituições de ensino superior públicas do estado de São Paulo sob a perspectiva da saúde pública, a partir das DCN para graduação (bacharelado) em educação física. Metodologicamente esta pesquisa se pautou por uma descrição qualitativa da experiência, utilizando como técnicas de coleta de dados análise documental dos projetos pedagógicos das cinco escolas alvo do estudo e entrevistas semiestruturadas com os respectivos coordenadores de cada curso. A partir do diálogo entre a revisão da literatura e os dados da pesquisa de campo, foram construídas categorias de análise: a) A saúde em foco: de forma geral os conteúdos relacionados à saúde ainda são conteúdos novos e que estão presentes nos currículos das escolas de forma bastante tímida, não havendo um direcionamento específico para tratar esta perspectiva; b) Entre a realidade e a possibilidade: apesar dos conteúdos relacionados a área da saúde ainda não se apresentarem de forma sistematizada dentro dos currículos, duas escolas evidenciam experiências inovadoras que buscam romper com esta situação, priorizando uma formação mais engajada com a integralidade do cuidado e o trabalho multiprofissional ; c) Integralização de conteúdos: as escolas mostraram uma preocupação em romper com formatos centrados em conteúdos desconexos, através da implantação de currículos temáticos e disciplinas de síntese, além de experiências que valorizam o trabalho multidisciplinar; d) A Teoria e a prática em discussão: as escolas não indicam com clareza como a indissociabilidade teoria e prática é idealizada dentro da proposta curricular de seus cursos, limitando-se a destacar as estratégias de indissociabilidade (prática concebida como componente curricular, estágio profissional curricular e atividades complementares), propostas nas DCN, mas mesmo assim de forma pouco coesa e clara. Tais questões permitem indicar que mudanças devem ser pensadas tanto no próprio texto das DCN como na concepção e elaboração dos projetos pedagógicos por parte das escolas. Além disso, a necessidade de parcerias entre a formação universitária e os serviços, assim como a capacitação de docentes para atuar nesta área surgiram como emergentes. A proposta de currículos integrados, pautados na educação interprofissional, na interdisciplinaridade e no enfoque problematizador também surgiram como alternativas viáveis e eficazes para mudanças na realidade vigente.

Endereço: http://www.ufscar.br/interface_frames/index.php?link=http://www.bdtd.ufscar.br

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2018 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.