A Governance de Federações Desportivas na Perspectiva dos Dirigentes Voluntários

Por: .

93 páginas. 2011 11/04/2011

Send to Kindle


Resumo

Este trabalho teve o objectivo de discutir assuntos ligados a Governance e verificar como esse tema é tratado pelas federações desportivas e pelos seus presidentes. A Governance surgiu no meio corporativo como forma de garantir segurança e transparência para os investidores e ganhou destaque após alguns casos de fraudes no mercado de acções. Devido às crescentes influências externas e à profissionalização que as organizações desportivas estão a sofrer, a discussão sobre a Governance no desporto tem ganha destaque no meio académico. Realizou-se uma entrevista com os presidentes de oito federações desportivas no estado do Paraná. O guião foi preparado considerando quatro temas da Governance: Membros da Direcção, Organização, Participação de Grupos de Interesse e Conformidade, conforme proposto pela UK Sport. Os resultados demonstram que as federações desportivas estudadas não aplicam os conceitos de Governance em sua gestão. Apesar de verificar algumas tendências na adopção desses princípios em algumas acções, essas práticas não são formalizadas e ainda são conduzidas por amadores. A falta de profissionais qualificados e a baixa influência do governo e de investidores externos aparecem como possíveis causas na baixa adopção de princípios de Governance nas federações estaduais.

Endereço: http://hdl.handle.net/10400.5/9033

Ver Arquivo (PDF)

Tags: ,

Comentários


:-)





© 1996-2018 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.