A Identidade do Italiano na Evolução do Catenaccio

Por: Francisco Gabriel Ruiz Sosa.

Impetus - v.9 - n.2 - 2015

Send to Kindle


Resumo

O catenaccio é claramente identificado no futebol italiano, em todo o mundo. Foi adotado pelos italianos como um sistema que adere à sua cultura. mentalidade italiana cair para trás e ser esperando para atacar quando o adversário é vulnerável, é atribuída ao mito Gianni Brera, no entanto, os italianos fizeram dele assim ouso dizer que o mito se tornou realidade. Nesta perspectiva, uma relação entre o catenaccio ea dialética do senhor e do escravo, que é a luta de vida ou morte para o reconhecimento de um outro eu (quem quer ser em si e para si) é estabelecida. A autoconsciência que dá na luta, por medo da morte, perde autonomia. No entanto, nesta perda há a oportunidade de conseguir autonomia através do trabalho, o que cria cultura. Embora o catenaccio não seja de criação italiana, assumiu-se como sua identidade. Este sistema tático concedeu à autoconsciência bianconera (onomástica para a Juventus) o reconhecimento desejado. Este reconhecimento é palpável no futebol italiano em todo o mundo, com a Juventus de Torino sendo o atual representante deste reconhecimento, e é justamente essa equipe que tem obtido sucesso (reconhecimento) através do sistema 3-5-2, sistema claramente defensivo, que dá prioridade à eficácia na diferença mínima

Endereço: http://revistaimpetus.unillanos.edu.co/impetus/index.php/Imp1/article/view/149

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.