A Imagem Corporal na Dança de Salão

Por: Cristiane Costa Fonseca e Eliane Florencio Gama.

Revista Brasileira de Ciência & Movimento - v.19 - n.3 - 2011

Send to Kindle


Resumo

A dança não competitiva é uma forma de manifestação corporal que promove união corpo-mente-emoção e que tem influência sobre os aspectos psicológicos e fisiológicos do ser humano. A dança de salão é a expressão dos movimentos do corpo em sincronia com um parceiro, em harmonia com o ritmo musical, organizados em um padrão espacial. Dançar permite que conheçamos novos caminhos que nos coloca em contato com nós mesmos e com o ambiente. Essa é uma maneira de produzir mudanças na relação mente-corpo proporcionando aprendizado cognitivo e perceptivo dos sistemas, influenciando a imagem corporal. A imagem corporal representa a forma com que uma pessoa experimenta e conceitua seu corpo. Sofre influência dos processos neurais e estados emocionais por isso está em constante modificação. Partindo do princípio que a dança desencadeia emoções e que promove a melhora na relação corporal pressupomos que ela tenha influência positiva na auto-imagem. Sendo assim, a proposta desse estudo é de ampliar os dados acerca da prática de dança de salão avaliando seus benefícios na imagem corporal de indivíduos iniciantes. Para isso foi utilizada a escala de silhuetas proposta por Stunkard capaz de avaliar o grau de auto-satisfação corporal antes e depois do módulo inicial de aulas de dança. Essa pesquisa mostrou que a dança de salão propiciou benefícios no nível de satisfação principalmente nas mulheres que a princípio apresentavam-se descontentes com sua auto-imagem e passaram a se sentir mais satisfeitas com sua silhueta corporal.

Endereço: http://portalrevistas.ucb.br/index.php/RBCM/article/view/2176

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.