A Indústria Nacional de Automóveis e o Automobilismo Brasileiro: Contrastes Entre o Rio de Janeiro e São Paulo de 1956 a 1966

Por: Rodrigo Vilela Elias e Silvio de Cássio Costa Telles.

Revista Brasileira de Ciências do Esporte - v.37 - n.2 - 2015

Send to Kindle


Resumo

A implantação da indústria automotiva brasileira foi responsável por uma transformação na economia do país que repercutiu desigualmente no Rio de Janeiro e em São Paulo. O artigo tem o objetivo de relacionar o desenvolvimento industrial e sua influência no automobilismo no período de 1956 a 1966, que se refere ao ano de implantação da indústria automotiva brasileira e à construção do autódromo do Rio de Janeiro. Buscamos esclarecer como um período rico para o país se configurou díspar para o automobilismo do Rio de Janeiro e de São Paulo. As indústrias tornaram São Paulo o centro econômico e automobilístico do país e o Rio de Janeiro, sem igual investimento industrial, retrocedeu em relação à época em que o Circuito da Gávea (1933?1954) era a principal corrida de automóveis no país.

Endereço: http://revista.cbce.org.br/index.php/RBCE/article/view/1710

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.