A Influência da Atividade Física na Qualidade de Vida de Mulheres Encarceradas

Por: Cleberson Alexandre Ferreira Santos, , Fernando Teixeira da Silva, Maria Clara Barboza da Silva Freitas, Mennah Rembbeg Sadda de Sousa Paes e Rosa Maria Rayol Reis.

XXI Congresso Brasileiro de Ciências do Esporte e VIII CONICE - CONBRACE

Send to Kindle


Resumo

Este estudo evidencia os benefícios da prática de atividade física como ferramenta de humanização e sensibilização de mulheres encarceradas. As participantes foram 25 internas que cumprem pena no presídio feminino de Ananindeua-Pa. As práticas com aulas de alongamento, dança e lazer constataram que a atividade física contribui para o resgate da autoestima, para o diminuição da ociosidade e do sedentarismo, influenciando na qualidade de vida e nas relações interpessoais dentro do cárcere.

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.