A Influência da Biodança na Saúde Percebida de Seus Participantes.

Por: Alice Casanova dos Reis.

165 páginas. 2012 00/00/0000

Send to Kindle


Resumo

Este trabalho tem como objetivo compreender a experiência da Biodança em uma perspectiva fenomenológica. A Biodança é um método vivencial criado pelo psicólogo chileno Rolando Toro, que visa promover os potenciais saudáveis dos sujeitos, através de encontros em grupo, mediados pela música e pela dança. A dança ali se configura como uma forma de integração do homem consigo próprio, com o outro e com a Natureza. A partir do convívio com as participantes de um grupo de Biodança e da realização de entrevistas, foram investigados os sentidos que emergem nesta atividade. Desenvolveu-se, assim, um conhecimento que parte do vivido, suspendendo ideias preconcebidas para apreender a experiência, tal como ela se mostra a partir do ponto de vista dos sujeitos. A Biodança se revelou em três aspectos principais: 1) como uma experiência de metamorfoses do corpo, que na dança se transfigura em formas nas quais o sujeito se transforma; 2) como uma experiência de expressão criativa da identidade; 3) como experiência da alteridade. Esses aspectos levaram a compreender, para além do sentido terapêutico da Biodança, um sentido estético que nela se faz essencial. Concluise que a Biodança, enquanto uma atividade fundamentalmente perceptiva e criativa, possibilita uma experiência estética aos sujeitos, na qual se constituem como autores no processo de (re)criação existencial de suas vidas. 

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.