A Influência da Prática do Goalball e da Deficiência na Percepção da Qualidade de Vida de Pessoas com Deficiência Visual

Por: , Leandro Martinez Vargas, Sabrina Schröder e Thaiane Moleta Vargas.

Revista Brasileira de Qualidade de Vida - v.7 - n.3 - 2015

Send to Kindle


Resumo

OBJETIVO: Analisar a influência da prática sistemática e regular de goalball e da deficiência na percepção da qualidade de vida (QV) de pessoas com deficiência visual (PCDv). MÉTODOS: Participaram da pesquisa 15 pessoas com deficiência visual, de ambos os sexos, dentre os quais 10 praticam o goalball de forma sistematizada e 5 não praticam nenhum tipo de atividade física sistematizada. A percepção da QV foi avaliada por meio do instrumento WHOQOL-DIS-PD. A análise dos dados foi realizada por meio da planilha desenvolvida por Pedroso et al. (2010), a qual utiliza a plataforma do Office Excel da Microsoft®. RESULTADOS: Os resultados oriundos do WHOQOL-DIS-PD evidenciaram uma discreta melhor percepção da QV entre as PCDv que praticam o goalball em comparação ao grupo que não pratica. A questão que mais se destacou a favor dos praticantes de goalball foi a relacionada à discriminação. A favor dos não praticantes de atividade física, a questão relacionada ao impacto da deficiência foi mais bem percebida. CONCLUSÃO: O estudo apresenta indícios de que a percepção da QV como um todo e algumas facetas e domínios que compõem o WHOQOL-DIS-PD podem ser influenciadas pela adesão à prática sistemática do goalball.

Endereço: https://periodicos.utfpr.edu.br/rbqv/article/view/3218

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.