A Influência das Aulas de Educação Física no Estado Nutricional de Alunos no Ensino Médio

Por: Adair Carvalho de Araujo, Raymara Fonseca dos Santos e Rithyele Tavares Duarte.

XI Congresso Brasileiro de Atividade Física e Saúde - CBAFS

Send to Kindle


Resumo


Este artigo sintetiza a experiência no Estágio Supervisionado IV, do curso de Educação Física
no Ensino Médio em uma Escola Estadual, no município de Parintins- Am, em 2017.
OBJETIVO:
Analisar a
influência das aulas de Educação Física no estado nutricional dos alunos do ensino médio; e verificar o índice
de massa corporal dos alunos do primeiro ao terceiro ano; Identificar o interesse dos alunos quanto a pratica
da atividade física.
MÉTODO:
Utilizou-se o estudo descritivo, observação, entrevistas, testes e intervenções.
RESULTADOS:
Os Resultados encontrados neste estudo foi que no que diz respeito ao IMC, houve uma pre
-
valência maior de sobrepeso para o sexo feminino comparado ao sexo masculino, porém não houve diferença
significativa de massa corporal para ambos os sexos. Identificamos em linhas gerais que ambos os sexos não
se sentem motivados a participar das atividades físicas, porém participam por sentirem-se coagidos pelo
professor da disciplina. É necessário que se considere o conhecimento como uma construção individual e
coletiva e que a escola forneça condições adequadas tanto para professores como para alunos.
CONCLUSÃO:
Portanto, sugere-se que em estudos posteriores, possamos fazer um estudo de campo, com questionários e
análises das aulas para o conhecimento real das causas da falta de motivação em ambas as partes e possíveis
soluções, para a redução do sedentarismo por parte dos alunos de ensino médio

Endereço: http://cev.org.br/eventos/xi-cbafs-congresso-brasileiro-de-educacao-fisica-e-saude/trabalhos/

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.