A Influência do Resultado Momentâneo da Partida na Amplitude e Profundidade da Circulação da Bola em Pequenos Jogos no Futebol

Por: Arthur Souza de Vito, e .

Conexões - v.17 - 2019

Send to Kindle


Resumo

O objetivo do presente estudo foi comparar a amplitude e profundidade da circulação de bola das equipes em situações de vitória, empate e derrota durante a realização de pequenos jogos no futebol, em formato GR+3vs3+GR. Metodologia: A amostra foi composta por 20 jogadores de futebol da categoria sub-17 de um clube de elite do Brasil. Avaliou-se a amplitude e profundidade da circulação de bola por meio das variáveis número de variações de corredor (NVC) e número de variações de profundidade (NVP), respectivamente. Relativizaram-se os valores de NVC e NVP com as três possíveis situações de resultado momentâneo (vitória, empate e derrota), por meio da razão entre os valores encontrados para ambas as variáveis e o tempo de posse de bola de cada equipe. Para comparar os valores nos três resultados parciais, recorreu-se à ANOVA one-way (NVC) e ao teste de Kruskall-Wallis (NVP). Resultados e discussão: Os resultados mostraram que houve diferenças significativas nos valores de NVC e NVP, com ambos sofrendo diminuição nas situações de vitória em comparação às situações de derrota. Conclui-se que o resultado momentâneo da partida influencia nos padrões da circulação de bola em pequenos jogos. Conclusão: Portanto, treinadores podem simular situações de vitória e derrota durante o treino, a fim de desencadear determinados comportamentos por parte dos jogadores.

Endereço: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/conexoes/article/view/8653166

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.