A Influencia de Duas Estratégias de Ensino Diferenciadas na Aquisição de Habilidades Desportivas Elementares em Meio Escolar

Por: L. Sena Lino, Maurice Pierón e R. Carreiro da Costa.

VII Congresso de Educação Física e Ciências do Desporto dos Países de Língua Portuguesa

Send to Kindle


Resumo

A investigação que conduzimos teve como suporte conceptual o modelo de intervenção pedagógica proposto por Mosston (1966), o qual tem a sua gênese e desenvolve-se a partir de um princípio axiomático - o ensino é uma cadeia de tomada de decisões. O objectivo do trabalho foi o de analisar os efeitos que duas estratégias de ensino diferenciadas- estilos Tarefa (B) e Recíproco (C), tinham obre a aquisição de uma habilidade desportiva elementar- "passe e corte/lançamento na passada". Aamostra foi constituída por três professoras de Educação Física e 124 alunos, que integravam 6 turmas do 6e ano de escolariedade pertencentes a duas escolas da zona do Funchal. A habilidade critério foi ensinada pelas três professoras, em dois períodos de dez minutos, integrados em cada uma das oito aulas que compunham uma Unidade de Ensino, segundo os dois estilos em estudo, à excepção da professora que se constituiu, com as suas duas turmas, como grupo de controle. A recolha dos dados relativos às variáveis de processo, foi efectuada através da observação dos registos em vídeo dos comportamentos dos professores e dos alunos; enquanto que as de produto foram os resultados de testes realizados, nos domínios motor e cognitivo, em três momentos diferentes. O tratamento estatístico dos dados foi efectuado através da análise da variância. Globalmente foi possível concluir que o estilo Recíproco ficou associado aos melhores resultados registados a nível dos canais físico e cognitivo, na medida que se seguiu ao período de ensino; enquanto que o estilo Tarefa se revelou particularmente propício à retenção das aprendizagens efectuadas.

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.