A Influência de Exercícios de Alongamentos na Melhora da Flexibilidade e da Capacidade Funcional de Indivíduos Idosos

Por: Daniele Barrionuevo Kallas Batista e Fabiana Ignácio de Almeida.

XI Congresso de Educação Física e Ciências do Desporto dos Países de Língua Portuguesa

Send to Kindle


Resumo


Introdução: Com o processo de envelhecimento é natural ocorrerem
declínios fisiológicos, no entanto, podemos manter estes declínios em níveis
suficientes para a manutenção da vida independente. A prática regular de
exercícios é fundamental para a manutenção da vida independente (OKUMA,
1998; SPIRDUSO, 2005). A flexibilidade é um fator imprescindível para a
execução de atividades do cotidiano e para a independência em relação à
capacidade funcional de indivíduos idosos (ACHOUR JÚNIOR, 1999). O
objetivo deste estudo foi verificar os efeitos de um treinamento específico
de flexibilidade em relação à capacidade funcional de indivíduos idosos
fisicamente ativos e praticantes regulares de hidroginástica. Material e
Método: Este estudo foi realizado através de pesquisa experimental. A
amostra foi formada por um grupo de 13 sujeitos, acima de 60 anos. A
flexibilidade foi avaliada pelo teste de Sentar e alcançar (CARNAVAL, 2002), e
a capacidade funcional foi avaliada através da Escala de Auto-percepção
da Vida Diária, validada por ANDREOTI e OKUMA (1999). Após a avaliação
inicial os sujeitos foram submetidos a aulas de alongamento durante um
mês e quinze dias, totalizando 12 sessões de cinqüenta minutos, duas vezes
na semana. Os resultados do teste de flexibilidade foram analisados pelo
t e s t e t - s t udent com ní ve l de s i gni fi c ânc i a de 0 , 5%. Re s u l t ados : A
fl ex i b i l i d a d e t eve a u m e n t o s i g n i fi c at iv o , P R É = 1 8 , 3 8 * ± 7 , 0 5 c m e
PÓS=19,32*±6,74cm. Com relação à capacidade funcional, não foram
observadas alterações significativas. Conclusões: O grupo estudado já
praticava hidroginástica duas vezes por semana, fator que pode ter
influenciado a manutenção da percepção da capacidade funcional. Os
indiv íduos j á apre s ent avam no pr é - t e s t e uma c apa c idade f unc iona l
classificada como boa ou muito boa. Concluiu-se que a hidroginástica
praticada pode não estar atendendo às necessidades de desenvolvimento
da flexibilidade e, portanto, torna-se necessário sugerir atividades paralelas
que complementem o programa de atividade física destes idosos no intuito
de minimizar os declínios fisiológicos em relação a esta capacidade física e
a conseqüente diminuição da capacidade funcional

Endereço: http://citrus.uspnet.usp.br/eef/uploads/arquivo/62_Anais_p235.pdf

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.