A Influência de Fatores Ambientais no Desempenho Motor e Social de Crianças da Periferia de Porto Alegre

Por: Ricieli Zajonz.

Revista da Educação Física - UEM - v.19 - n.2 - 2008

Send to Kindle


Resumo

Os objetivos deste estudo foram identificar crianças com atraso no desenvolvimento motor e social, verificar se esses atrasos estariam associados aos fatores de risco ambientais e analisar o impacto da intervenção motora no desenvolvimento motor e social de crianças em vulnerabilidade social. Os participantes (43 crianças entre 06 e 18 meses de idade) foram avaliados por meio da escala de Desenvolvimento do Comportamento da Criança no Primeiro Ano de Vida (EDCC) e da Alberta Infant Motor Scale (AIMS). Intervenções foram implementadas em diferentes contextos. Os resultados evidenciaram que: (1)19 crianças apresentavam desenvolvimento em níveis abaixo do esperado para sua faixa etária; (2) o desenvolvimento social era mais elevado nas famílias em que o pai estava presente e naquelas de maior poder aquisitivo; (3) o desenvolvimento motor era mais levado em bebês de mães mais velhas que tiveram tempo de amamentação mais longo e cujo nível socioeconômico era mais elevado. Nas comparações de grupos observou-se que a intervenção na creche foi mais efetiva que a domiciliar em propiciar mudanças no desenvolvimento motor e social de crianças de risco.

Endereço: http://periodicos.uem.br/ojs/index.php/RevEducFis/article/view/3220/3496

Tags:

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.