A Influência da Teoria Gestalt da Aprendizagem Ministrada em Curso de Educação Física da Universidade Estadual de Maringá, na Aprendizagem Prática do Judô

Por: Wellington Coelho de Castilho.

199 páginas. 1985 18/11/1985

Send to Kindle


Resumo

O estudo teve por objetivo avaliar o aproveitamento prático das técnicas de Judô, através da Teoria Gestalt da Aprendizagem, comparada à Teoria Tradicional da Aprendizagem, cujos participantes foram os alunos do segundo semestre de 1984, regularmente matriculados no Curso de Graduação em Educação Física da Universidade Estadual de Maringá. O instrumento de medida e avaliação constituiu-se de teste prático, elaborado a partir dos conteúdos pertinentes ao programa registrado em nível departamental, embasados no GO-KYU-NO-WAZA, cujos dados foram tratados estatisticamente, dispostos em tabelas e demonstrados graficamente. Pelos resultados revelados no teste aplicado, encontrou-se "t" calculado 2,04. O nível de significância escolhido foi de 0,05 para vinte e um graus de liberdade, sendo que o índice fornecido pela tabela de distribuição "t - student" é de 1,72. Isto permite evidenciar que o grupo submetido à T.G.A. obteve melhor aproveitamento prático que o grupo submetido à T.T.A., logo, rejeita-se H0 e aceita-se H1. Em análise aos percentuais obtidos dos grupos comparados, T.T.A. obteve 52,2% de aproveitamento prático e T.G.A. 69,2%, favorecendo, novamente, a hipótese que se queria evidenciar.

Endereço: http://www.nuteses.temp.ufu.br/tde_busca/processaPesquisa.php?pesqExecutada=2&id=1067&listaDetalhes%5B%5D=1067&processar=Processar

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.