A Influência do Treinamento de Força e Potência na Performance de Jogadores de Voleibol

Por: Marco Antonio Pelegrino Manji.

2013 00/00/0000

Send to Kindle


Resumo

O objetivo deste estudo foi verificar a influência do treinamento de força e potência durante uma periodização de treinamento em atletas de voleibol. A amostra foi composta por 13 atletas, com idade de 25 ± 1,4 anos, com experiência em treinamento entre dois e quatro anos na modalidade. Foram aplicados testes de impulsão vertical (IPV), impulsão horizontal (IPH), arremesso de medicineball (AMB) e TW 20 metros. As avaliações foram realizadas em cinco momentos da periodização subdividida em: programas de Período Preparatório Básico Geral (PPBG) e Período Preparatório Específico (PPES). Sendo, Avaliação Inicial na 1º semana (AV1); Segunda Avaliação na 5º semana (AV2); Terceira Avaliação na 9º semana (AV3); Quarta Avaliação na 13º semana (AV4) e Avaliação Final na 16º semana (AV5), durante a periodização de treinamento de 16 semanas. Foram encontrados resultados para os testes de IPV da AV1 para AV5, IPH melhora de AV1 para AV4 e AV1 para AV5, AMB melhora de AV1 para AV2, AV1 para AV3, AV1 para AV4 e AV1 para AV5, nos testes do TW20 metros para distância percorrida (DST), no numero de mudança de direção (MD) e para quantidade de saltos (S) melhora de AV1 para AV3, AV4 e AV5 e somente para S de AV2 para AV5 com nível de significância (P≤0,05). A periodização foi eficiente para melhora da performance no transcorrer dos treinamentos, alcançando melhora significativa na 16º semana da periodização.

Endereço: https://www.unimep.br/phpg/bibdig/aluno/visualiza.php?cod=1099

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.