A Influência de Um Programa de Ensino Sobre a Motivação Para a Prática de Atividades Físicas

Por: .

2010 23/04/2010

Send to Kindle


Resumo

O objetivo desta pesquisa foi investigar a influência de um programa de ensino sobre a motivação para a prática de atividades físicas. Participaram como sujeitos 51 alunos, estudantes da 8ª série do Ensino Fundamental II de uma instituição de ensino particular da cidade de São Paulo. Os alunos foram avaliados por meio dos seguintes instrumentos: 1) uma escala de motivação, elaborada especialmente para esta pesquisa, com 12 afirmações referentes à prática de atividades físicas; 2) três apostilas sobre os sistemas cardiovascular e respiratório, também elaboradas especificamente para este trabalho; 3) três provas objetivas de avaliação do conhecimento; 4) uma escala para avaliar o grau de satisfação em relação a vários aspectos da apostila; 5) um questionário de opinião sobre os três materiais apostilados; 6) uma escala de opinião sobre o processo ensino-aprendizagem; e, 7) uma entrevista sobre adesão à prática de atividades físicas com alunos e seus responsáveis, composta por uma questão referente à prática de atividades físicas e outra sobre o tipo de atividade realizada; 8) uma entrevista final, com seis perguntas, sobre a opinião do aluno em relação ao trabalho vivenciado. As aulas foram ministradas pela pesquisadora durante três meses, duas vezes por semana, com duração de 50 minutos cada, divididas em três blocos temáticos. No início da pesquisa os alunos responderam a escala de motivação para a prática de atividades físicas e foram entrevistados sobre a prática de atividades físicas fora do ambiente escolar. Em cada bloco temático foi utilizada uma apostila específica, num total de três apostilas, cujo conteúdo foi trabalhado por meio de vivências teórico-práticas. Ao final de cada bloco temático os alunos realizaram uma prova de avaliação de conhecimento e responderam a escala de opinião sobre o material apostilado. Ao final da pesquisa, os alunos responderam a escala de motivação em relação à prática de atividades físicas, a escala de opinião sobre o processo ensino-aprendizagem, o questionário de opinião sobre os três materiais apostilados e foram entrevistados sobre a prática de atividades físicas fora do ambiente escolar com posterior confirmação de seus responsáveis. A entrevista final foi realizada com 12 alunos, seis com as melhores médias e seis com as piores médias na prova de avaliação de conhecimentos. Após cincos meses da intervenção, os alunos foram novamente entrevistados sobre a prática de atividades físicas. Os resultados demonstraram que, a partir de informações sobre a saúde associadas às atividades físicas, os alunos sentiram-se motivados a realizar atividades físicas fora do ambiente escolar. Os resultados foram discutidos segundo o referencial teórico da motivação intrínseca e extrínseca

Endereço: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/47/47131/tde-19072010-144106/pt-br.php

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.