A (in)satisfação da Imagem Corporal e Aptidão Física em Escolares do Primeiro Ciclo Estudantil

Por: Deoclécio Rocco Gruppi, Marcos Roberto Brasil, Schelyne Ribas da Silva e Vinícius Machado de Oliveira.

Revista Brasileira de Qualidade de Vida - v.9 - n.1 - 2017

Send to Kindle


Resumo

OBJETIVO: Verificar os níveis de aptidão física e a percepção da imagem corporal em escolares, investigando se existe possíveis associações entre essas variáveis.MÉTODOS: Participaram do estudo 364 escolares das séries iniciais do ensino fundamental, de ambos os sexos (9,20 anos ±0,82). Para a verificação da aptidão física foi utilizado a bateria de testes Projeto Esporte Brasil (PROESP-BR) e para o inquérito da imagem corporal a escala de silhuetas para crianças. Os resultados foram descritos em mediana, intervalo interquartil, frequência absoluta e relativa, sendo analisados pelos testes de Mann-Whitney para amostras independentes e associação de qui-quadrado.RESULTADOS: Os dados indicaram baixa aptidão física, tanto para o contexto de saúde como para o desempenho motor em ambos os sexos. A percepção da imagem corporal revelou que a maioria das crianças está insatisfeita por excesso de peso. Todavia, quando isso é relativizado por sexo, os meninos desejam engordar e as meninas emagrecer. Foram verificadas associações significativas entre a imagem corporal com índice de massa corporal (IMC), resistência muscular localizada e aptidão cardiorrespiratória.CONCLUSÕES: Escolares da rede pública das séries iniciais do ensino fundamental podem apresentar quadros de insuficiência na aptidão física e insatisfação com a imagem corporal, estando essas variáveis associadas ou não.

Endereço: https://periodicos.utfpr.edu.br/rbqv/article/view/5257

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.