A Inserção de Quadros Criados a Partir de Programas da Mídia Televisiva nas Atividades Recreativas do Sesc Pousada de Juiz de Fora

Por: .

XXV ENAREL - Encontro Nacional de Recreação e Lazer

Send to Kindle


Resumo

Os programas de televisão sempre envolveram o telespectador, induzindo seus pensamentos, hábitos e modos de relacionamento, enfim, causando sensações e experiências que marcaram e marcam algum período (ou quase todos!) das vidas de seus amantes televisivos. As experiências sempre levam a opiniões diversas, boas e/ou ruins, mas nunca indiferentes para o ser humano envolvido na magia da tevê. Observando as inúmeras facetas dos mais diversos programas de emissoras conhecidas, a equipe de recre adores do Sesc Pousada de Juiz de Fora levou tais informações para a prática das atividades recreativas realizadas na Unidade. Programas famosos e artistas conhecidos serviram como suporte para a criação de caricaturas e trejeitos de personagens criados pelo grupo. Notou-se que o público, ao identificar tais programas e personagens, envolveu-se bastante nas atividades lúdicas, aumentando significativamente o sucesso e a expectativa dos quadros realizados. Despertaram o interesse dos clientes na participação das atividades, abrangendo diferentes públicos e faixa etária na execução dos programas. As ideias iam surgindo a cada apresentação, enriquecendo a forma de execução dia a dia de cada programa criado pelos recreadores. Stand up’s foram criados com o quadro “SescRisadas – Os “quase” Melhores do Mundo!”. Apresentada em forma de vídeo, a revista eletrônica “Caras e Bo
cas” (criada a partir da ideia da revista Caras) mostrava os hóspedes e beneficiários nas mais inusitadas fotos, sempre com os comentários dos nossos produtores sociais de plantão! Aliando apresentações musicais com o quadro “The Improvise Brasil” (homenagem ao programa musical “The Voice Brasil”), os apresentadores: Carlinhos “Brownie”, Lulu “Cruzeiro”, “Dani-elo” e Cláudia (caixa) de Leite “Parmalat” embalaram os calouros nos mais diferentes estilos musicais tocados em cada apresentação. Participando do quadro “BBSesc”, os hóspedes e beneficiários passantes em um período determinado poderiam votar em qualquer um dos recreadores para irem ao “Paredão de Farinha” que era realizado no final de semana posterior à votação. Mágicas inusitadas e muitas brincadeiras faziam parte das apresentações do “Mister Maluco” (homenagem ao Mister M) nas noites da Unidade. Todas as atividades eram divulgadas nos murais informativos da Unidade, portaria, recepção e sistema de som do clube, aumentando ainda mais a expectativa dos quadros de tevê. Com isto, foi notado o aumento significativo de participações dos hóspedes e beneficiários em relação às atividades recreativas comuns durante a jornada diária da recreação. Embalados pelo suspense e curiosidade sobre o que viria a acontecer nos qua dros de tevê, os participantes interagiam cada vez mais com os recreadores, deixando de lado a vergonha e o desinteresse sobre a participação.

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.