A Inteligência em Jogo : Estudo Sobre a Solução de Problemas no Contexto do Jogo

Por: Adonis Marcos Lisboa.

2005

Send to Kindle


Resumo

O jogo é um espaço privilegiado de aprendizagem, especialmente, na Educação Física Escolar, disciplina que o utiliza ostensivamente. Por esta razão, o jogo foi utilizado como instrumento no desenvolvimento desta pesquisa, que tem por objetivo principal analisar como a inteligência atua para a solução de problemas no contexto do mesmo, ou seja, como as crianças resolvem os problemas surgidos no decorrer desta atividade lúdica. Os dois jogos realizados para este estudo foram o Nunca Três e o Dia e Noite, ambos pega-pegas. Além dos jogos, os sujeitos participaram de um teste, no qual respondiam questões sobre a tabuada e sobre os dois pega-pegas acima citados. Este estudo foi fundamentado, principalmente, na Epistemologia Genética de Jean Piaget. Para a realização do mesmo, utilizamos como método de pesquisa a observação participante e a análise de conteúdo. Além da observação in loco, foram utilizados recursos de videografia, para posterior análise e melhor compreensão do fenômeno. Para análise das imagens, contamos com o auxílio do Laboratório de Biomecânica da UDESC – Universidade do Estado de Santa Catarina. As filmagens foram realizadas no ano de 2004 e os sujeitos pesquisados foram os alunos de uma escola privada do município de Brusque, em Santa Catarina, com faixa etária entre 9 e 12 anos, estudantes da 4a série do ensino fundamental. Os resultados verificados neste estudo, confirmaram as hipóteses iniciais de que uma mudança na regra do jogo causa desequilíbrio nos esquemas de ação de seus participantes, levando-os a buscar uma reequilibração para obterem sucesso no jogo; que a quantidade de ações corretas é menor que a quantidade de ações erradas no início do jogo, porém ocorrendo o inverso no decorrer do mesmo e, principalmente, que a inteligência dos sujeitos se adapta às circunstâncias do jogo, solucionando os problemas surgidos no contexto deste. A confirmação destas hipóteses, reforçou nossa perspectiva sobre a inteligência, isto é, que esta é circunstancial, contextualizando-se conforme a situação em busca da adaptação do sujeito.

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.