A Internet Enquanto Ferramenta de Orientação de Atividade Física na Promoção da Saúde do Idoso

Por: Leticia Miranda de Miranda.

2009 00/00/0000

Send to Kindle


Resumo

O objetivo deste estudo foi investigar a contribuição de um site com conteúdo informativo sobre atividade física e saúde na promoção de hábitos de vida saudáveis para a população idosa. O estudo foi do tipo experimental, sendo a amostra não probabilística intencional por voluntariado, sendo que os critérios de inclusão da foram: ter mais de 60 anos, ser usuário de Internet a pelo menos um ano, não estar praticando atividade física, não estar participando de outras pesquisas que objetivem mudanças em hábitos de vida e estar apto a realizar atividades físicas. A amostra foi dividida em dois grupos (controle - GC e tratamento - GI) de forma aleatória. O tratamento caracterizou-se pelo acesso ao site "Saber+Saúde", com conteúdo informativo sobre atividade física e saúde. Cada participante do GI recebeu uma senha de acesso, evitando a leitura do GC do conteúdo do mesmo. O tratamento aconteceu por quatro meses e, quinzenalmente, o conteúdo do site foi atualizado com novas informações, sendo estas baseadas principalmente nas premissas de Nahas (2003) para promoção da atividade física e saúde. Foram realizadas duas coletas de dados, uma pré tratamento e outra pós, sendo os seguintes instrumentos utilizados para a coleta: IPAQ versão longa, para aferição do nível de AF, Perfil do Estilo de Vida Individual adaptado, para verificação do estilo de vida. As variáveis coletadas foram: IMC (peso e altura autoreferidos), nível de atividade física, estilo de vida, hábitos de uso da Internet e uso do site (apenas para o GI). O tratamento estatístico aplicado foi descritvo e inferencial, sendo aplicados os testes de Wilcoxon nas comparações intragrupos, Mann Whitney e Qui-quadrado para as intergrupos e ainda a correlação de Spearman e teste Qui-quadrado para associação entre variáveis. A amostra inicial foi composta por 40 sujeitos, de idade média 65 anos (60-80), de ambos os gêneros (22 mulheres e 18 homens). No decorrer do estudo, 2 sujeitos não acessaram o site, caracterizando perda amostral. Assim, o GC foi composto de 20 idosos e o GI, 18 idosos. A maioria era casado, com renda familiar acima de 10 salários mínimos e de nível de escolaridade superior completo. O site mostrou-se efetivo para modificar o estilo de vida significativamente no fator atividade física (realização de 30 minutos/dia de atividade física - p=0,001 e prática de exercícios de força e alongamento - p=0,001). O nível de AF mostrou diferença significativa no domínio lazer/esporte pré e pós para o GI (p=0,03) e em comparação com o GC (p=0,05). A variável escolaridade mostrou uma relação com o domínio lazer/esporte. Grande parte da amostra estudada afirmou utilizar a Internet de 4 a 7 xs/semana, com duração de 21 minutos a uma hora. A busca por temas de saúde foi bem frequente entre eles, porém a busca por atividade física não se mostrou expressiva. Todos afimaram que o site "Saber+Saúde" foi importante no sentido de conscientização para a mudança de hábitos. Logo, concluiu-se que um site com objetivos de informar e intervir sobre atividade física e saúde, personalizado para a população idosa, pode ser efetivo e obter bons resultados.

Endereço: http://repositorio.ufsc.br/xmlui/handle/123456789/93068

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.