A Linguagem na Formação de Conceitos na Sala de Aula de Física na Educação de Jovens e Adultos

Por: Erico Tadeu Fraga Freitas.

2010 páginas. 2010 10/08/2010

Send to Kindle


Resumo

esta pesquisa investigamos a produção de sentidos por estudantes jovens e adultos nas interações discursivas na sala de aula de Física da Educação de Jovens e Adultos (EJA) durante desenvolvimento de uma sequência de ensino de óptica intitulada Luz, Cores e Visão. Direcionamos nosso olhar e análise para a produção discursiva (oral e escrita) dos estudantes em interação com o professor e entre os pares, para investigar como seus modos de dizer se relacionam com o discurso alheio do professor e da ciência escolar. Examinamos também a ação docente na EJA, que teve como objetivo engajar os estudantes na produção de sentidos e, assim, favorecer o domínio de conceitos científicos. Para as análises das produções discursivas dos estudantes e da ação docente selecionamos três episódios de ensino nos quais professor e estudantes trabalharam conceitos científicos no campo da óptica elementar (reflexão especular e difusa da luz e o modelo de luz e visão). Para isso, valemo-nos dos conceitos de compreensão responsiva de Bakhtin (1953/1997), de abordagem comunicativa de Mortimer & Scott (2003), da distinção entre discurso explicativo e argumentativo (BRONCKART, 1999; VIEIRA & NASCIMENTO, 2009) e das relações dos estudantes com ao discurso escolar (FONTANA, 1996).

Endereço: http://www.bibliotecadigital.ufmg.br/dspace/handle/1843/BUOS-8CCNAJ

Ver Arquivo (PDF)

Tags:

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.