A Ludicidade no Processo de Construcao da Subjetividade: Contribui ou Reprime?

Por: Miria Suzana Burgos.

253 páginas. 1994 06/10/1994

Send to Kindle


Resumo

Articular e problematizar as dimensões da ludicidade e da subjetividade, enquanto construção individual e social foi o objeto de estudo desta dissertação, que tentou elucidar o seguinte problema: qual a influência exercida pelas atividades lúdicas, na expressão da subjetividade das crianças e dos adolescentes? Como ponto de partida foi utilizado o estudo de caso com crianças de 1ª e 2ª séries e adolescentes da 8ª série do ensino de 1º grau da Escola de 1º e 2º Graus "Educar-se", que situa-se no município de Santa Cruz do Sul/RS, tendo sido criada e mantida como escola de aplicação da Universidade de Santa Cruz do Sul. Ficou evidente, na pesquisa, que há mecanismos que fomentam ou reprimem as manifestações subjetivas das crianças e adolescentes, em atividades lúdicas orientadas ou não. A ludicidade, na infância, consegue manter a espontaneidade, expansividade e a expressão do desejo, da alegria, da fantasia, da coragem, do risco, da aventura, que vai perdendo sua vitalidade, na adolescência, na medida em que o aluno vai sendo conduzido, nas aulas sob comando, com gestos padronizados da prática dos desportos, sem muito questionamento, possibilidade de recriação e de tomada de decisão, bem como influenciado por outros mecanismos hegemônicos e homogeneizantes do mundo socializado. Concluímos que, a ludicidade na construção da subjetividade, só pode ser entendida num processo dialético de construção-desconstrução, de "vir-a-ser". Assim, a ludicidade pode influenciar, na construção da subjetividade modelizada, produzindo um tipo de consumidor de subjetividade (dominada) ou pode oferecer mecanismos de resistência, de reação contra a alienação e opressão, estabelecendo relações de expressão e criação, quando a criança ou o adolescente podem se reapropriar dos componentes da sua subjetividade, forjando o chamado processo de singularização, representado pela subjetividade emancipada.

Endereço: http://www.nuteses.temp.ufu.br/tde_busca/processaPesquisa.php?listaDetalhes%5B%5D=543&processar=Processar

Ver Arquivo (PDF)

Tags:

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.