A Metodologia: Caminho Para a Formação

Por: Maria Cristina Kogt.

XI Congresso de Educação Física e Ciências do Desporto dos Países de Língua Portuguesa

Send to Kindle


Resumo

Embora tenha ocorrido uma mudança significativa nos cursos de formação
profissional, temos ainda muitos deles, transmitindo seus conhecimentos de forma
tradicional e cobrando da mesma forma, demonstrando apenas uma preocupação
com o fazer. A partir dessa visão, discute-se como formar o profissional crítico,
qualidade tão exigida pelo mercado; autônomo e com conhecimento para
efetivamente interferir no cotidiano. Essa indagação exige uma nova perspectiva de
formação, bem como metodologias inovadoras. Para isso devem-se buscar práticas
como o ensino com pesquisa como forma de produção do conhecimento; o ensino
por solução de problemas como forma de estimular a busca, a partir de situações
reais ou de simulações criadas pelo professor. Ao término do Programa de
Aprendizagem de Metodologia de ensino no 6º período da licenciatura da PUCPR,
os alunos formam estimulados a pesquisar sobre a Educação Física Escolar dentro
das escolas em que são desenvolvidas as atividades do Estágio Supervisionado com
os 14 professores regentes e foram estimulados a escrever artigos. Formam elaboradas
oito perguntas pelo grupo de alunos e a professora a partir das dificuldades
encontradas e das observações da ação do professores regentes. A partir do trabalho
resultaram 15 textos, escritos por duplas ou trios de alunos, que discutiram os aspectos
observados na prática. Dos trabalhos produzidos, dois discutiram a motivação dos
professores; dois discutiram sobre os conteúdos específicos; três sobre as dificuldades
encontradas pelo professor para atuar nas séries finais do ensino fundamental; três
sobre o perfil do professor na escola e quatro sobre o perfil dos alunos de 3º e 4º
ciclos. A escolha do tema foi determinada pelos alunos a partir do interesse pessoal.
Pode-se observar um equilíbrio entre os tópicos discutidos, mas destacaram-se a
preocupação com o perfil dos alunos, o papel do professor e as dificuldades na
atuação. Isso demonstra que alunos que estão chegando ao mercado de trabalho
quando estimulados durante a graduação são capazes de perceber a importância do
conhecimento da realidade em que estarão inseridos seja dos alunos como do próprio
professor e a partir da prática pedagógica desenvolvida a percepção das dificuldades
na ação. O professor responsável pela graduação deve estimular constantemente a
pesquisa, a discussão, ampliando a práxis pedagógica, buscando um novo sentido
para a formação profissional, expandindo o fazer para buscar o saber e o ser.

Endereço: http://citrus.uspnet.usp.br/eef/uploads/arquivo/71_Anais_349.pdf

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.