A Mulher Invisível: Gênero e Esporte em Um dos Maiores Jornais Diários do Brasil

Por: Juliana Sturmer Soares Souza.

Revista Brasileira de Educação Física e Esporte - v.21 - n.1 - 2007

Send to Kindle


Resumo

Um dos setores que exerce um papel fundamental na onstrução de mitos esportivos no imaginário social é a mídia. É ela que cria, reforça e destrói eróis esportivos, transmite imagens positivas ou negativas sobre os atletas, suas realizações e eventos. lguns estudos internacionais têm mostrado como a cobertura esportiva da mídia privilegia os homens tletas em detrimento das mulheres. Assim, os objetivos desse trabalho foram: quantificar a obertura da Folha de São Paulo de esportes masculinos e femininos através de uma análise percentual do número e reportagens; verificar o tamanho das reportagens por meio da média geral do número de alavras; e a freqüência com que se utilizam comentários relacionados ao gênero nas reportagens. Os dados foram oletados entre os dias 9 de agosto e 9 de setembro de 2002 e entre 3 de fevereiro e 3 de bril de 2003. Os resultados quantitativos apontaram para diferenças de até cerca de 700% entre a obertura de homens e mulheres. O tamanho das reportagens também apresentou uma grande diferença. A nálise de forma demonstrou que os homens são mais vezes citados por suas habilidades tléticas do que as mulheres, que recebem mais citações em relação a sua aparência física. Estes esultados demonstram que no Brasil, como em outros países, as mulheres esportistas continuam a serem pouco epresentadas pela mídia, apesar do crescente número de mulheres que participam e são bem-sucedidas no sporte.

Endereço: http://www.revistasusp.sibi.usp.br/pdf/rbefe/v21n1/v21n1a4.pdf

Comentários


:-)





© 1996-2018 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.