A Nação Brasileira Calça Suas Chuteiras: Futebol e Invenção da Brasilidade em Gilberto Freyre, Mario Filho e Nelson Rodrigues

Por: Douglas da Cunha Dias.

2000 28/12/2000

Send to Kindle


Resumo


O presente estudo parte do entendimento que a construção de uma identidade nacional e de uma nação é um processo histórico arquitetado cotidianamente, de maneira gradual e sutil, através de ações não menos advindas do campo cultural do que do político-econômico. Essas ações trazem consigo uma característica comum, qual seja, terem como alicerce um constructo imagético-discursivo cujo teor prima pelo despertar de identificações de caráter emotivo, o que vale dizer, mobilizar pessoas sob a forma de coletividade nacional, inventando e repetindo o que é bom de ser ouvido. Nestes termos, o futebol aparece no Brasil como uma manifestação cultural de relevante potencial articulador, capaz de inflamar paixões e empatias, podendo ser visto como um dos motores do sentimento nacional, ou seja, o futebol pode ser entendido enquanto poderoso elemento na invenção da brasilidade. Afinal, não fomos nós, brasileiros, que inventamos o “futebol arte”, nossa identidade perante o mundo? Não somos nós, os melhores jogadores do mundo? 

Endereço: https://www.dropbox.com/s/rxrzwo7fcxn055q/UGF.00179.pdf

Ver Arquivo (PDF)

Tags:

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.