A Nação em Chuteiras: Raça e Masculinidade no Futebol Brasileiro

Por: Marcos Alves de Souza.

62 páginas. 1996 00/00/0000

Send to Kindle


Resumo

Esta dissertação constitui-se num esforço de compreensão de algumas questões fundamentais do futebol brasileiro. Inicialmente entenderemos em que medida as definições do futebol (esporte, jogo e espetáculo) esclarecem o que os seus adeptos vivenciam no mesmo. Na segunda parte, analisaremos a essencialização da construção da imagem da Nação brasileira, via futebol, tanto no senso comum, como entre autores que dedicaram-se ao assunto, que serão lidos como produtores de representações da construção da imagem da nação. Ressaltando pretensas substâncias do povo brasileiro, as ideologias nacionalistas demarcam o pertencimento a uma nação ideal e vitoriosa baseando o estilo brasileiro de futebol, conhecido como "futebol-arte", em supostas características herdadas geneticamente pelos negros do país. Por outro lado, o futebol brasileiro também estabelece e comunica as diferenças impostas pela construção da nação a partir da afirmação da masculinidade e das relações entre os gêneros.

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.