A Narrativa Audiovisual da Transmissão Direta e Ao Vivo da Copa do Mundo da Fifa: Comparação Entre a Televisão Analógica e a Digital

Por: .

126 páginas. 2014 15/08/2014

Send to Kindle


Resumo

A cada edição da Copa, novas possibilidades de comunicação (cinema, rádio , TV) surgem para o mundo acompanhar esta competição de futebol. Porém, em 1970, todo o planeta teve a possibilidade de assistir aos jogos simultaneamente a sua realização graças à transmissão televisiva via satélite. A partir daí, o sistema de televisão expande-se, modifica-se tecnicamente a fim de que cada vez mais países acompanhem direto da cidade da cidade-sede e ao vivo o evento. Entretanto, na Copa de 1998, chega ao fim o sistema televisivo analógico e, na Copa de 2010, firma-se o sistema televisivo digital. Desta forma, desde a Copa em 1970 até 2010, o que mudou nas transmissão televisivas dos jogos? Para esclarecer esta questão, foram comparadas as transmissões televisivas das Copas de 70,98 e 2010 por meio da análise das estruturas representativas do espaço e tempo elaborado pela tevê. (CASETTI, 1999), ou seja, investigou-se a composição e organização da linguagem audiovisual nessas Copas. Encontraram-se três estilos de transmissões televisivas das Copas, uma em cada Copa. A Copa de 1970 cria um estilo de presenciar o jogo pela tevê próximo da experiência estética que o torcedor costumava ter no estádio. A Copa de 1998 busca construir um estilo em que a realidade só é visível pelo meio televisivo. A Copa de 2010 implanta um estilo hiper realista, em que se revelam detalhes de um âmbito que o telespectador não sabia que existia ou não podia ser

Endereço: http://repositorio.unesp.br/handle/11449/123897

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.