A Participação e a Autonomia de Políticas Públicas de Lazer: Experiência no Estado do Paraná

Por: Maria Zuleica Lopes Koritiak.

XI ENAREL - Encontro Nacional de Recreação e Lazer

Send to Kindle


Resumo

A construção de políticas públicas estaduais de lazer, baseadas na participação dos municípios, é premissa básica de governos que pretendam promover mudanças e transformações. Considerando o esgotamento de projetos que promovam esta participação nos municípios do Estado do Paraná, analiso minhas experiências vividas com políticas públicas de lazer da Secretária Estadual de Esporte e Turismo - Paraná Esporte, no período de 1.987 a 1.990, buscando compreender suas ações do ponto de vista da participação e autonomia dos municípios na construção de suas próprias políticas de lazer. Para a operacionalização de tal propósito, a análise se dará sobre as decisões políticas e ações implementadas, buscando evidências sobre a participação dos municípios na elaboração de suas políticas. Espero com as reflexões realizadas iniciar um estudo sobre o papel das administrações de políticas públicas de lazer no Estado do Paraná.

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.