A Percepção da Autoimagem de Escolares Adolescentes do Municipio de Criciuma – Santa Catarina

Por: Eduarda Valim Pereira, Gabriele Flores Policarpi, Geiziane Laurido de Morais, Joni Márcio de Farias, Marco Antonio dos Santos, Maria Helena da Luz Pedroso e Vanise dos Santos Ferreira Viero.

XI Congresso Brasileiro de Atividade Física e Saúde - CBAFS

Send to Kindle


Resumo

OBJETIVO:Comparar entre os sexos a percepção corporal dos escolares, e averiguar a efetividade de um progra-ma de promoção de saúde na escola, com duração de três meses, verificando a compreensão atual e desejadaantecedentemente  e  posteriormente  a  intervenções  com  profissionais  da  educação  física,  psicologia,  enfer-magem e nutrição.MÉTODO:A população foi constituída por 65 escolares, entre 12 e 19 anos, todos regular-mente  matriculados  na  rede  estadual  de  ensino,  no  município  de  Criciúma  -  SC.  Foram  entregues  aos  paise/ou responsáveis o TCLE. Para avaliar a autoimagem utilizou-se a Escala de Silhueta de Imagem Corporal(TIGGEMANN, WILSON-BARRET, 1998). Foi utilizado o software SPSS 20,0 para comparação de médias.RESULTADOS:Os resultados apresentados demonstraram que os participantes do sexo masculino n=29 sen-tem-se satisfeitos em relação a percepção da imagem corporal, nos testes pré 1,93±0,84 e pós 1,89±0,81 inter-venção, enquanto os do sexo feminino n=36 nos questionários pré 2,36±0,63 e pós 2,16±0,69 demonstraraminsatisfação,  com  a  percepção  de  excesso  de  gordura  corporal.CONCLUSÃO:Percebeu-se  diferença  entre  ossexos em relação a autoimagem e que não houveram mudanças significativas nos resultados após as interven-ções para ambos. Com base nos resultados obtidos, percebeu-se que o programa de intervenção não foi efetivoem alterar a percepção de autoimagem de adolescentes, necessitando assim de novos estudos, com interven-ções a longo prazo. Este trabalh

Endereço: http://cev.org.br/eventos/xi-cbafs-congresso-brasileiro-de-educacao-fisica-e-saude/

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.