A Pesquisa Aplicada na Temática de Políticas Públicas de Esporte e Lazer no Brasil

Por: , e .

Caderno de Educação Física e Esporte - v.15 - n.2 - 2017

Send to Kindle


Resumo

Originalmente, os estudos na área de políticas públicas guardavam estreita relação com três eixos temáticos: denúncia, intervenção e democratização. Mais especificamente, os eixos diziam respeito a: necessidade da denúncia, ou seja, de descobrir e revelar os equívocos na atuação (ainda embrionária) do poder público; necessidade de buscar alternativas para os equívocos previamente encontrados, apresentando possibilidades mais democratizantes de ação para o poder público; necessidade da construção e defesa da ideia de esporte e lazer enquanto direitos sociais, vez que seriam práticas culturais historicamente desenvolvidas pela sociedade e, por isso, mereceriam atenção especial do poder público como áreas a serem democratizadas e como ferramentas para gerar democratização (LINHALES; PEREIRA FILHO, 1999; STAREPRAVO, 2011). Húngaro et al. (2009) e Starepravo (2011), em seus estudos de mapeamento da produção de conhecimento em políticas públicas de esporte e lazer, apontam também para uma carência de rigor teórico-metodológico dos estudos, inclusive identificando a presença de trabalhos com o intuito de divulgação e prescrição de ações realizadas por gestores locais. “Como consequência da pobreza categorial, muitos dos estudos analisados eram de natureza descritiva e operacional – e não só nos relatos de experiência” (STAREPRAVO, 2011, p. 82). Ademais, destaca-se a ausência de estudos dedicados aos pressupostos metodológicos e aos modelos de avaliação e análise de políticas públicas.

Endereço: http://e-revista.unioeste.br/index.php/cadernoedfisica/issue/view/900/showToc

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.