A Pesquisa Sobre o Ensino da Educação Física na Inglaterra / País de Gales e no Brasil, Entre 1975 e 1984

Por: .

I Congresso internacional de Educação Física de Países de Língua Portuguesa

Send to Kindle


Resumo

Objetivou-se descrever e comparar as tendências da pesquisa, com especial referência ao ensino da Educação Física. A questão do desenvolvimento do corpus de conhecimento foi investigada sob o enfoque da sociologia da ciência. O argumento de que o progresso científico é devido a uma relativa autonomia da ciência como instituição da sociedade (KUHN, 1968; 1970) serviu de base para a construção de um modelo adaptado de LAMMERS (1974). Segundo este modelo, o desenvolvimento científico depende: a) do interesse da sociedade na Educação Física como sub-cultura e nos seus aspectos científicos: b) da quantidade e da qualidade dos recursos humanos e materiais disponíveis: c) da autonomia individual e institucional usufruída. Foram usadas três fontes: teses e dissertações; artigos em periódicos; comunicações em congressos. Foi criado o SRAPE - Systematisation for Research Approches in Physical Education (FARIA JÚNIOR. 1987) - para identificar as tendências da pesquisa. Na Inglaterra/País de Gales as tendências com frequências mais elevadas foram: aTÉCNICA (41,5%), a BIOLÓGICA (22,5%) e a PEDAGÓGICA (19,8%), seguidas pela SÓCIO-ANTROPOLÓGICA (13,3%), PROMOÇÃO DA SAÚDE (2%) e FILOSÓFICA (1,2%). No Brasil a distribuição foi: BIOLÓGICA (36,74%), TÉCNICA (27,8%), PEDAGÓGICA (23,1 %), PROMOÇÃO DA SAÚDE (5,9%), SÓCIO-ANTROPOLÓGICA (5,3%) e FILOSÓFICAd,(16%). Na tendência Pedagógica, a ênfase recaiu sobre CURRÍCULO, em todos os países estudados. Observou-se que na Inglaterra/Pais de Gales a ênfase em Currículo ocorreu predominantemente nas dissertações de Mestrado em Educação (M.Ed.) e nos artigos em periódicos. No Brasil, a ênfase em Currículo predominou nas dissertações de Mestrado, enquanto nosartigos em periódicos e nas comunicações em congressos predominou a ênfase em ENSINO. 0 estudo dos contextos sócio-económico, político e educacional permitiu inferir sobre, as causas do pobre, - qualitativo e quantitativo - desenvolvimento da pesquisa. Na Inglaterra, o interesse da sociedade esteve voltado para questões como desemprego e condições materiais. No País de Gales as preocupações relacionavam-se com desemprego, dificuldades económicas e preservação de sua própria identidade - língua, histórica e cultura Galesas. No Brasil, as preocupações voltavam-se para problemas sócio económicos e políticos, tais como: fome e subnutrição, pobreza e desemprego, mobilidade social e direitos humanos e políticos. Nos três Países, com a crise económica dos anos 80, foram feitos cortes em setores julgados "não produtivos". Na EDUCAÇÃO, os setores mais atingidos pelos cortes orçamentais foram o ensino superior, a pesquisa e a Educação Física. A quantidade de recursos humanos disponíveis era pequena, tendo a COPED, em 1982, identificado apenas 72 pesquisadores. Entretanto, a questão da autonomia pareceu fundamental na determinação das tendências, ficando as diferenças a cargo das vicissitudes de cada contexto.

Tags: , , ,

O que são tags? Tags são palavras-chave (relevantes) usadas, no CEV, para classificar um determinado conteúdo.
Que tal sugerir uma?

Comentários


:-)





© 1996-2014 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.