A Prática da Atividade Física e Sua Relação com a Publicidade de Televisão.

Por: Silene Sumire Okuma.

136 páginas. 1990

Send to Kindle


Resumo

O objetivo do presente estudo foi verificar a relação entre a prática de atividade física e as propagandas de televisão que a veiculam. Participaram do estudo, 100 adultos, com média de idade de 29 anos, pertencentes aos níveis sócio-econômico A e B, que foram divididos em quatro grupos: praticantes do sexo feminino (n=30), não praticantes do sexo feminino (n=20), praticantes do sexo masculino (n=30), e não praticantes do sexo masculino (n=20). Os dados foram obtidos através da lembrança que as pessoas tiveram das propagandas com atividade física veiculada na televisão (lembrança espontânea, lembrança induzida), do seu comportamento para o consumo (grau de consumo) e do seu tempo dedicado à pratica da atividade física (grau de atividade física). Utilizou-se como instrumento um questionário e uma escala de atitudes, elaborada para este fim. Os resultados obtidos através das Estatísticas Kruskal-Wallis, U de Mann-Withney e Coeficiente de Correlação de Postos de Spearmann mostraram que existe diferença significante entre os grupos masculinos quanto a lembrança espontânea e grau de consumo e entre o grupo feminino e masculino, quanto à lembrança induzida. Não se observou correlação significante entre grau de atividade física e as variáveis citadas anteriormente. Estes resultados demonstram que os homens praticantes são os que mais se lembram espontaneamente de atividade física; as mulheres são mais precisas na sua lembrança da atividade física dos comerciais; os homens praticantes são mais consumidores que os não praticantes; há uma tendência do grau de atividade física se relacionar com o grau de consumo. Pode-se concluir que, embora a publicidade com a atividade física tenha efeitos sobre as pessoas, este não é absoluto, pois, se por um lado os homens praticantes são os que tendem mais a se lembrar desta publicidade e a ter um comportamento mais consumidor, por outro, são as mulheres não praticantes que mais tendem a isto, denotando que a publicidade não atinge a todos da mesma forma.

Endereço: http://www.nuteses.temp.ufu.br/tde_busca/processaPesquisa.php?pesqExecutada=2&id=1397&listaDetalhes%5B%5D=1397&processar=Processar

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.