A Prática da Caminhada em Mulheres do Estado de Santa Catarina de Acordo com a Faixa Etária: Um Estudo de Prevalência

Por: Adriana Coutinho de Azevedo Guimarães, Jéssica Moratelli, , Leonessa Boing e Paulo André Medeiros de Oliveira.

Revista da Educação Física - UEM - v.29 - n.1 - 2018

Send to Kindle


Resumo

A caminhada é um dos tipos de atividade física mais praticada em adultos, e pode trazer benefícios aos seus praticantes. Este estudo transversal objetivou investigar a prevalência da prática da caminhada relacionada com a idade em mulheres do estado de Santa Catarina, em uma amostra de 2716 mulheres (32,97±10,9 anos), de oito cidades do estado de Santa Catarina (Blumenau, Chapecó, Criciúma, Florianópolis, Itajái, Joinville, Lages e São José). Avaliou-se a atividade física pelo IPAQ – versão curta. A amostra foi dividida em três grupos etários (20-32 anos; 33-45 anos e 46-59 anos). Aproximadamente 68,8% das mulheres atendem às recomendações quanto à prática de atividade física, destacando-se as de 46-59 anos. Quanto à prevalência da prática de caminhada, 61,0% realizaram acima de 30 minutos por dia. Apontou-se associação positiva entre idade e atividade física, bem como maiores chances das mulheres de Florianópolis, Itajaí, e Lages atenderem às recomendações. Conclui-se que a maioria das participantes do estado de Santa Catarina realiza acima de 30 minutos diários de caminhada, independentemente da faixa etária, contribuindo para o cumprimento das recomendações quanto a saúde, relacionadas à prática de atividade física.

Endereço: http://periodicos.uem.br/ojs/index.php/RevEducFis/article/view/38133

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.