A Prática do Currículo Cultural da Educação Física na Perspectiva dos Professores

Por: .

69º Reunião Anual da SBPC

Send to Kindle


Resumo

A PRÁTICA DO CURRÍCULO CULTURAL DA EDUCAÇÃO FÍSICA NA PERSPECTIVA DOS PROFESSORES Marcos Garcia Neira1 * 1. Pesquisador da Faculdade de Educação da USP. Resumo: No mundo globalizado, o patrimônio cultural corporal de muitas comunidades sofre o ataque dos currículos hegemônicos, o que pode ocasionar o afastamento e resistência por parte dos alunos ou a fixação distorcida dos signos de classe, etnia, gênero e religião impregnados nas brincadeiras, danças, lutas, ginásticas e esportes. Atentos à problemática, docentes da rede pública paulistana afirmam colocar em ação uma proposta a favor das diferenças, o chamado currículo cultural da Educação Física. Objetivando identificar e descrever os princípios e procedimentos didáticos adotados, submeteram-se à análise cultural os relatos de experiência produzidos pelos docentes. Apesar de certa idiossincrasia, concluiu-se que a proposta reconhece o repertório da comunidade, promove a justiça curricular, rejeita o daltonismo cultural e ancora socialmente os conhecimentos. Para tanto, estimula a vivência e ressignificação das práticas corporais de distintos grupos, fazendo dialogar seus modos de significação. 

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.