A Prática Escolar e o Esporte no Ensino Secundário em São Paulo nos Anos de 1950

Por: Luiz Femando Costa de Lourdes.

VI Congresso Brasileiro de História da Educação -SBHE

Send to Kindle


Resumo

Este estudo de cunho historiográfico analisa ações pedagógicas de Antonio Boaventura da Silva, um intelectual da Educação Física cuja atuação deu-se promovendo práticas de ensino do esporte nas aulas de Educação Física, e no desenvolvimento de campeonatos colegiais na rede de ensino secundário no Estado de São Paulo. Este professor teve um papel importante na disseminação de idéias e práticas desta disciplina em São Paulo e no Brasil admitindo-se a hipótese de que suas ações reverberarem significativamente na conformação da Educação Física como disciplina escolar. Na trajetória de construção desta pesquisa examinou-se um extenso corpus documental composto de fontes de diversas espécies, tais como: documentos do acervo pessoal, correspondências, anotações de aulas, originais de palestras, recortes de jornal, anotações de leitura, projetos; documentos oficiais referentes ao cargo de professor da Escola Superior de Educação Física de São Paulo e da diretoria da sessão técnica Departamento de Esporte e Educação Física de São Paulo nas décadas de 1930 e 1950, um conjunto de cartas, fotos, recortes de jornal; Registros dos conteúdos dos cursos ministrados tanto no exterior, quanto nas diferentes divisões e departamentos de Educação Física nos estados brasileiros. A partir da categorização e da análise dos documentos foi possível reconstituir a sua trajetória social e itinerário de formação e detectar a sua rede de sociabilidade, para com isso conhecer o campo de conflitos e de projetos ligados à formação de professores. Para esta comunicação objetiva-se apresentar a análise das prescrições de práticas pedagógicas e dos campeonatos colegiais realizados na década de 1950 na cidade de São Paulo que espelham de forma significativa as práticas da Educação Física do período, dado que este professor era referência na formação de professores. A condução da pesquisa foi inspirada em proposições J. F. Sirinelli na qual considera professores atuantes, como foi Boaventura, intelectuais, já que desempenham um papel importante na disseminação de idéias e práticas de uma disciplina e de um campo teórico hipótese sustentada a partir de evidências observadas nas incursões aos documentos do acervo que mostram, por exemplo, que nos anos 1950 houve significativa participação das escolas nos campeonatos colegiais. Pode-se afirmar que neste período o envolvimento das escolas secundárias é significativo, o Departamento de Educação Física estava estruturado, seu corpo de inspetores havia crescido e a adesão ao projeto do campeonato e das demonstrações tinha uma marca mais característica do projeto compartilhado por Boaventura e seus pares na Educação Física. Boaventura se articulava com outros professores da área para organizar os eventos públicos de educação física. Por todas essas evidências a pesquisa justifica-se e busca contribuir com a história da conformação da área da Educação Física dialogando com as pesquisas voltadas para esta questão. 

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.