A Prática Pedagógica do Professor de Educação Física no Paradigma da Complexidade

Por: Bárbara Raquel Agostini.

38 páginas. 2006 03/10/2006

Send to Kindle


Resumo

A educação brasileira vem sendo desafiada a superar o paradigma dominante que caracterizou a ciência nestes últimos três séculos. Esse movimento de mudança busca um paradigma inovador que precisa ser incorporado, também, pelos processos educacionais. Os paradigmas acompanham o mundo, que está em constante mudança, pois tudo no universo se interliga e se relaciona. Esse processo de transição paradigmática demanda atualizações constantes por parte dos professores, que devem sempre estar situado em todos os contextos da sociedade e esferas da vida humana. Nessa perspectiva educacional a Educação Física também já passou por inúmeras transformações. Essas mudanças têm buscado uma prática pedagógica contextualizada que alie a preparação técnica com valores mais humanísticos e inclusivos. Acredita-se que a proposição do paradigma da complexidade (Morin 2003, Capra 1996 e Behrens 2006) pode vir a atender as expectativas dessa profissão, pois propõe uma visão de totalidade, de conectividade e interação entre as diferentes áreas do conhecimento. Nesse paradigma nenhum conhecimento é absoluto, pois tudo está em constante movimento, e, dessa forma, nenhuma verdade é imutável. Dentro dessa problemática, nesta dissertação, questiona-se como vem se caracterizando o paradigma da complexidade na prática pedagógica dos professores mestres que atuam na licenciatura do curso de Educação Física da PUCPR e qual sua influência na formação dos acadêmicos. Para essa investigação optou-se por uma pesquisa qualitativa tipo participante. E, dessa forma utilizamos como instrumentos de pesquisa entrevistas com os professores e questionários com os alunos da graduação. A análise dos dados nos revelou que a grande maioria dos professores entrevistados do Curso de Educação Física da Pontifícia Universidade Católica do Paraná estão atuando dentro do paradigma da complexidade, e que o avanço paradigmático vêm ocorrendo de maneira sutil. Porém os esforços dos professores são individuais. Ao analisar os questionários aplicados junto aos alunos notou-se que essa metodologia vem realmente sendo aplicada, discurso e prática são condizentes. Os alunos estão conscientes que esse paradigma trabalha a superação da fragmentação, e sabem que a Educação Física não pode mais ser entendida apenas num plano educacional que privilegie aspectos físicos, porém ainda falta maior entendimento dos termos teóricos. E, por meio dessa pesquisa foi possível conhecer as características da prática pedagógica dos professores de Educação Física que no paradigma da complexidade buscam uma educação integral e uma visão de totalidade na sociedade e do mundo.

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.