A Prática Vegetariana em Rio Claro: Corpo, Espírito e Natureza

Por: Beatriz Bresighello Beig.

2008 17/10/2008

Send to Kindle


Resumo

Podemos dizer que a alimentação é uma junção entre o natural – sobrevivência – e o cultural – encarregado, este, de ditar todo o resto. Apesar da internacionalização da indústria alimentícia, culturas diferentes, religiões e estilos de vida podem ditar o que se deve comer e o que não se deve. Nesse conjunto de interditos e modos de se alimentar inclui-se o vegetarianismo, que vem atraindo contingentes populacionais significativos na contemporaneidade. Isto tem conseqüências para a questão da corporeidade, se levarmos em consideração que o que se come nos constitui, no sentido biológico e natural, mas que na verdade é ditado pela cultura e pela história. A pesquisa foi realizada na cidade de Rio Claro, com pessoas que possuem como escolha alimentar o vegetarianismo. Os dados foram coletados através de fontes primárias e secundárias. Nesse sentido, este projeto de pesquisa teve como problema compreender, entre pessoas que presentemente adotam a alimentação vegetariana, os objetivos que norteiam esta opção, como representam “os corpos” e como concebem a relação com a posição do homem na natureza. Após a análise dos resultados pudemos perceber que existe uma intermitência na prática do vegetarianismo. Foi possível constatar que argumentos ambientalistas, argumentos científicos relacionados à saúde e argumentos religiosos legitimam a prática vegetariana. Em relação aos cuidados com a saúde, os vegetarianos possuem práticas que denominamos de naturalistas, ou seja, que vão contra a biomedicina. A atividade física é caracterizada pelas práticas alternativas e o vegetariano pode ser caracterizado por uma junção entre o corpo, o espírito e o meio ambiente.

Endereço: http://www.athena.biblioteca.unesp.br/F/VJPHSG14XLDC8U56XUJ8DP2BHYCC3MUKPVQH3EH454XVXF51BE-30412?func=full-set-set&set_number=021757&set_entry=000154&format=999

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.