A Produção da Subjetividade e as Relações de Poder na Escola: Uma Reflexão Sobre a Sociedade Disciplinar na Configuração Social da Atualidade

Por: Maria Regina dos Santos Prata.

Revista Brasileira de Educação - ANPED - n.28 - 2005

Send to Kindle


Resumo

Pretende articular a produção da subjetividade contemporânea com as relações de poder que circulam na escola, discutindo o lugar que essa instituição ocupa na configuração social da atualidade. A partir da concepção de sociedade disciplinar de Michel Foucault (1977), busca problematizar a validade e os limites desse modelo na contemporaneidade. Trata-se de reflexão teórica que visa inserir a instituição escolar no contexto sócio-histórico, não só tematizando seu lugar como reprodutora dos padrões hegemônicos da sociedade, mas também sublinhando sua importância na produção da subjetividade e na revisão dos valores construídos socialmente. Palavras-chave : produção da subjetividade; relações de poder; escola.

Endereço: http://www.scielo.br/pdf/rbedu/n28/a09n28.pdf

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.