A Produção Técnico-científica dos Docentes do Departamento de Educação Física da Universidade Federal do Piauí: Um Estudo Exploratório Sob o Enfoque da Ciência da Informação

Por: Janete de Páscoa Rodrigues.

157 páginas. 2001 27/04/2001

Send to Kindle


Resumo

Fundamentada em uma revisão de literatura sobre educação física, comunicação científica, produção científica e avaliação na universidade, realizou-se um estudo exploratório da produção técnico-científica dos docentes do Departamento de Educação Física da Universidade Federal do Piauí, sob o enfoque da ciência da informação. Objetivou-se: a) identificar a produção técnico-científica dos docentes do Departamento de Educação Física da Universidade Federal do Piauí, analisando-a conforme natureza, idioma, subárea de estudo, tipo de autoria; b) levantar sugestões de atividades não presentes nos critérios de avaliação da Gratificação de Estímulo à Docência da Universidade Federal do Piauí (GED/UFPI); c) detectar fatores motivadores e inibidores da produção técnico-científica dos docentes; d) verificar o grau de satisfação dos docentes quanto aos critérios de avaliação da GED e, e) comparar os tipos de atividades contempladas para pontuação da GED/UFPI com a Gratificação de Estímulo à Docência da Universidade Federal de Minas Gerais (GED/UFMG). A investigação foi desenvolvida mediante análise dos relatórios de atividades da GED e aplicação de entrevista aos docentes do DEF/UFPI. Os resultados demonstram maior número de atividades contempladas pela GED/UFMG em relação à GED/UFPI. Os tipos de produção técnico-científica mais desenvolvidos pelo corpo docente foram palestra/conferência/mesa redonda e produção de material didático. Dentre as atividades mais sugeridas pelos docentes para inclusão na GED/UFPI destacam-se: treinamento de equipes para competição, organização de competições e arbitragem de competições. A maioria dos docentes investigados está satisfeita com os critérios de avaliação de suas atividades pela GED/UFPI. Os professores acreditam que a ascensão na carreira profissional, o desejo de provocar debates e testar as próprias idéias são fatores motivadores para a produção técnico-científica dos mesmos. Os docentes consideram como fatores inibidores da produção científica a falta de motivação institucional e de infra-estrutura institucional. As subáreas temáticas de estudo em educação física com o maior número de produção desenvolvidas no departamento pesquisado são: educação física escolar, desporto e recreação e lazer, detectadas em trabalhos publicados em português e com autoria individual. Constatou-se que a única atividade específica de educação física constante das diretrizes das duas universidades consiste em coreografia premiada nacional e/ou internacional.

Endereço: http://ppgci.eci.ufmg.br/cursos/mestrado/dissertacoes/2001

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.