A Profissionalização das Organizações do Futebol: Um Estudo de Casos Sobre Estratégia, Estrutura e Ambiente dos Clubes

Por: Diego Figueiredo.

2011 25/05/2011

Send to Kindle


Resumo

Esta pesquisa analisa as mudanças ocorridas na estratégia, estrutura e ambiente organizacional de duas associações esportivas tradicionais do país, na tentativa de responder ao seguinte problema: Inseridos em um processo de mudanças, de que forma a estratégia, a estrutura e o ambiente do Cruzeiro e do Internacional foram modificados? Essas mudanças podem ser caracterizadas como um processo de profissionalização? Esta investigação fundamentou-se em um referencial teórico no qual as principais teorias sobre profissionalização, estratégia, estrutura e ambiente organizacional foram discutidas, baseadas em seus principais autores. No que se refere aos procedimentos metodológicos, foi realizada uma pesquisa qualitativa descritiva de caráter exploratório, cuja estratégia é um estudo de casos. Para a coleta de dados foram realizadas entrevistas semiestruturadas e uma pesquisa documental de dados primários e secundários. De um total de vinte e uma entrevistas, foram obtidas declarações e informações de funcionários e dirigentes voluntários e remunerados, detentores de cargos estratégicos, dentre os quais se destacam presidentes, vice-presidentes, diretores e superintendentes. Para a pesquisa documental e a análise da trajetória do Cruzeiro e Internacional foram utilizados dados disponibilizados pelos próprios clubes, assim como livros, revistas, jornais e materiais eletrônicos. Os principais resultados apontam para: o aumento da complexidade do ambiente do futebol e surgimento de novos fatores em seu campo; a intensificação da influência de fatores externos no funcionamento dos clubes; a transformação da lógica predominante no futebol; a centralização do poder na cúpula estratégica e a descentralização na linha intermediária e núcleo operacional; o aumento na racionalização dos seus processos e fluxo de trabalho; a departamentalização funcional; o aumento das contratações de profissionais remunerados e especializados; a utilização de tecnologia e sistemas informatizados; a formalização de cargos e tarefas; a utilização de métodos impessoais e lógicos como instrumentos para a tomada de decisão; e a adoção de planejamentos formais como institucionalização da estratégia. Constatou-se que houve profissionalização no processo de mudanças analisado, no que se refere à organização de forma geral, e não apenas nos cargos estratégicos. Esse processo ocasionou transformações nas atividades dos clubes e consequentemente em seus resultados. Tanto no Cruzeiro quanto no Internacional, a profissionalização é considerada benéfica, porém, as mudanças verificadas não significam que a modificação de clube para empresa seja o objetivo final em ambos os casos analisados, são apenas, um instrumento cuja finalidade é aprimorar seus desempenhos esportivos e econômico-financeiros.

Endereço: http://www.bibliotecadigital.ufmg.br/dspace/handle/1843/BUOS-8MXLW5

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.