A Qualidade de Vida na Percepção de Dançarinos de Quadrilha

Por: Jéssyca Rayanne da Silva Alves, , Larissa Ingrid Araújo da Silva, Marcus Raphael de Goés Silva e Mayara Soares dos Santos.

Revista Mackenzie de Educação Física e Esporte - v.15 - n.1 - 2016

Send to Kindle


Resumo

O estudo teve como objetivos verificar a percepção da qualidade de vida de dançarinos de quadrilha e comparar tal percepção entre os sexos. Realizou-se estudo transversal em uma quadrilha de Maceió. Aplicou-se o SF-36 (Medical Outcomes Study 36 – Item Short-Form Health Survey), após assinatura do TCLE. Utilizou-se a estatística descritiva e teste t-Student (p<0,05). Na amostra de 44 sujeitos, observou-se boa qualidade de vida, com maiores escores nos domínios: Capacidade Funcional (89,31±10,59) e Aspectos Sociais (82,78±17,06). Entre os sexos, observou-se um menor escore no feminino em Limitações por Esforço Físico. Reforçando apontamentos fisiológicos, já que homens e mulheres apresentam diferenças na estrutura e composição corporal. Por tratar-se de estudo preliminar, os achados servirão de base para estudos futuros.

Endereço: http://editorarevistas.mackenzie.br/index.php/remef/article/view/5034

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.