A Realidade da Licenciatura em Educação Física na Universidade Estadual de Londrina Analisada Pelos Trabalhos de Conclusão de Curso

Por: Rosangela Marques Busto.

Revista Brasileira Atividade Física & Saúde - v.3 - n.11 - 2006

Send to Kindle


Resumo

Este estudo tem como objetivo geral contribuir para a ormação de profissionais de Educação Física da niversidade Estadual de Londrina, oferecendo subsídios para a eformulação curricular em andamento e sua implementação, conforme diretrizes do Ministério da Educação. Para levar a cabo este trabalho fizemos uma revisão de literatura versando sobre a Educação Brasileira, a Educação Física rasileira, a Formação Profissional do Professor e a Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional e optamos elas formas qualitativa e quantitativa e escolhemos o estudo de caso, acreditamos ser esta a técnica que melhor caracteriza nossa investigação, pois pretendemos estudar fatos que ocorrem em um Curso específico dentro e uma instituição de ensino superior. A coleta de dados é um dos passos mais importantes, sabendo da mportância que deveríamos dar a esta tarefa buscamos informações preliminares junto aos órgãos responsáveis elo controle de alunos com o objetivo de obter a relação nominal com o endereço completo de todos os alunos que aviam concluído o curso de Licenciatura em Educação Física nos anos de 2000 e 2001. Junto à Secretaria do entro de Educação Física, obtivemos a relação nominal dos alunos que haviam entregue seus trabalhos de onclusão de curso nos anos 2000 e 2001, bem como seus respectivos resumos. Solicitamos, ainda junto a esta ecretaria, a relação nominal dos docentes que orientaram os trabalhos que haviam sido entregues nesses dois anos. e posse desses dados, decidimos que o passo seguinte da investigação deveria ser a coleta de dados unto aos docentes e os egressos do curso. Os trabalhos de conclusão de curso foram analisados através de uma icha elaborada a partir dos critérios utilizados por into (1992), Gamboa (1996) e Nunes, Glat, Ferreira e endes 1998). Foram participantes todos os docentes efetivos do Centro de Educação Física orientadores dos trabalhos de onclusão de curso e 10% dos alunos egressos do Curso de Licenciatura em Educação Física da Universidade tadual de Londrina, nos anos de 2000 e 2001, elecionados de forma aleatória dentre os trabalhos na área escolar e ão escolar. Foram analisados os 234 trabalhos de conclusão de curso do Curso de Licenciatura em Educação ísica da Universidade Estadual de Londrina, entregues nos anos de 2000 e 2001, que foram categorizados de cordo com a área de concentração e linhas de pesquisa, como pertencentes à área escolar e à não escolar, istribuídos entre as abordagens e conteúdos, demonstram como ficou a distribuição que foi realizada de acordo com erfil do profissional de Educação Física que deverá ser formado pela Universidade Estadual de Londrina. Na rea não escolar foram realizados 201 (duzentos e um) ou seja 85,90% dos trabalhos e na área escolar 33 (trinta três) ou seja 14,10% dos trabalhos. Após a análise constatamos que a abordagem empírico-analitica representa 5,47% do total de 234 resumos dos Trabalhos de Conclusão de Curso. Os trabalhos realizados na abordagem enomenológico-hermêneutica totalizaram 11,54% do total. A abordagem critico-dialético somou 2,99%. Os rabalhos foram divididos entre as 18 linhas de pesquisa propostas pelo centro de Educação Física sendo que os rabalhos da área escolar tiveram a predominância 14 (quatorze) na linha: Significado, Objetivo, Conhecimentos Conteúdos da Educação Física na Educação Básica. Na área de Educação Física Não Escolar a predominância oi para as linhas Pedagogia do Esporte 47 (quarenta e sete) trabalhos e Educação Física e Promoção de Saúde 38 (trinta e oito) trabalhos. Ao analisarmos a entrevista dos docentes, constatamos que a maioria orienta em ambas s áreas e tem preferência pela orientação na área escolar, quanto à experiência profissional fora do ensino uperior 55,88% já atuou tanto na área escolar como na área não escolar. Quando analisamos as entrevistas dos gressos constatamos que 62,50% deles alegam que o trabalho de conclusão de curso colaborou com sua atuação rofissional. Atualmente 70,83% dos egressos estão atuando na área de Educação Física. A maioria deles atua a área não escolar. Um ponto de coerência entre a entrevista dos docentes e dos egressos foi quanto ao ocedimento para a escolha do tema, tanto os docentes como os egressos afirmaram que a escolha do tema se deu a partir do interesse do aluno. Quanto solicitados a manifestarem o conceito de Educação Física, os mesmos irmaram que entendiam a área escolar de acordo com o conteúdo ministrado e o ambiente físico onde se dava ua prática, e a área não escolar era entendida também a partir do ambiente físico onde se dava sua prática e que e tratava de esporte.

Endereço: http://www.sbafs.org.br/_artigos/41.pdf

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.