A Recepção das Ideias Naturistas de Georges Hébert nos Periódicos Brasileiros (1913-1940)

Por: Carolina Nascimento Jubé.

XIV Congresso de História do Esporte, do Lazer e da Educação Física - CHELEF

Send to Kindle


Resumo

Georges Hébert, passou por uma guinada naturista quando lançou o livro Guide Pratique d’Éducation Physique (1909). Ele promoveu os banhos e o trabalho ao ar livre ao afirmar que o “treinamento é feito naturalmente pelo trabalho, com o torso nu, o maior tempo possível, e também por meio dos banhos de ar em todas as estações.” (HÉBERT, 1916, p.VII). Muitos estudiosos afirmaram que a maior influência em sua proposta naturista foi conferida pela proximidade com Dr. Paul Carton (1875-1947). O naturismo cartoniano ofereceu uma originalidade singular à obra de Hébert, assim como, um caráter doutrinal e uma dimensão de filosófica de vida à seus adeptos

Endereço: http://cev.org.br/biblioteca/anais-do-xiv-chelef

Tags:

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.