A Recreação e o Lazer Como Saberes em Construção nas Escolas Iniciais de Educação Física de Minas Gerais (1952 a 1962)

Por: , Hilton Fabiano Boaventura Serej e Mauro Lúcio Maciel Júnior.

Recorde: Revista de História do Esporte - v.10 - n.2 - 2017

Send to Kindle


Resumo

Resumo: O objetivo desse texto foi compreender os discursos relacionados à recreação na Escola de Educação Física de Minas Gerais (EEFMG), no período de 1952 a 1962. Analisamos os discursos manifestos sobre a recreação antes de esse saber ser disciplinarizado na EEFMG. A apreciação dos dados encontrados se deu através da análise de discurso sob a perspectiva arqueológica de Foucault. Analisando os discursos, observamos que os significados sobre a recreação estavam demarcados pelos enunciados interesse e prazer. Foi evidenciada uma associação entre jogos, recreação e infância, onde se manifestaria uma abordagem técnica e metodológica. A recreação se entrecruzaria com os discursos biológico, psicológico e sociológico e seria uma tentativa de superar uma perspectiva biológica presente na formação da época.

Endereço: https://revistas.ufrj.br/index.php/Recorde/article/view/14338

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.