A Relação Entre Coordenação Motora e Atividade Física em Crianças dos Sete Aos 10 Anos de Idade: Um Estudo Longitudinal

Por: Antonio M. Prista, Cleverton José Farias de Souza, Go Tani, J. A. R. Maia, e Thales Teixeira Bianchi.

XIV Congresso de Educação Física e Ciências do Desporto dos Países de Língua Portuguesa

Send to Kindle


Resumo

Objetivo:
O objetivo deste estudo foi investigar a relação entre a coordenação motora e os níveis de atividade física e a sua mudança em crianças dos sete aos 10 anos de idade.

Métodos e resultados:
A amostra constou de 87 crianças pertencentes a primeira coorte (7 anos) do estudo longitudinal misto sobre o crescimento e desenvolvimento de crianças e jovens de Muzambinho-MG. A coordenação motora (CM) foi medida pela bateria de testes motores KTK e o nível de atividade física (AF) por meio do questionário de Godin e Shepard. Foram analisadas as mudanças normativas das duas variáveis ao longo do tempo. Para a análise da relação entre elas e a sua mudança no período estudado foram constituídos subgrupos com base no valor mediano do grupo em cada variável. Os resultados normativos mostraram que o desempenho da CM melhorou ao longo do tempo e o da AF se manteve. Não se observou associação entre os níveis de CM e AF em nenhuma das avaliações. Os resultados da mudança da relação entre os níveis de CM e AF não mostraram nenhum padrão específico.

Conclusão:
Esses resultados permitem inferir que a relação entre a CM e a AF necessita levar em consideração não apenas os níveis de AF, mas também a sua adequação no que se refere ao desenvolvimento da CM.

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.