A Relação do Lazer com a Saúde nas Comunidades Quilombolas de Santarém

Por: Dionísio Bellé de Freitas, Edna Ferreira Coelho Galvão e Jasson de Miranda Silva.

Revista Brasileira de Ciências do Esporte - v.30 - n.2 - 2009

Send to Kindle


Resumo

O presente estudo foi realizado em duas comunidades quilombolas de Santarém no Pará, com objetivo de investigar práticas cotidianas relacionadas à cultura e ao binômio lazer/saúde. Para tanto, realizamos entrevistas coletivas com 20 adultos e 20 crianças e adolescentes de ambos os sexos e observações do cotidiano das comunidades, atentando para os espaços destinados ao lazer e manifestações culturais. O convívio de oito meses nos quilombos mostrou-nos um distanciamento das práticas religiosas e corporais próprias da cultura afrodescendente, e uma aproximação com a cultura de massa. Além disso, as difi culdades do acesso aos serviços
públicos de educação e saúde ajudaram a manter e reproduzir os conhecimentos de ervas e plantas medicinais, assim como a fi gura do curandeiro. No que tange ao uso do tempo livre, o futebol, o banho de rio ou de igarapé, o bate-papo nos bares; o arrasta pé nas festas e os programas da televisão constituem as principais atividades de lazer, o que certamente tem relação com as principais doenças registradas: cardiopatias, alcoolismo, micoses, verminoses, acidentes ofídicos, obesidade e outros agravos decorrentes do sedentarismo. É necessário
estabelecer ações conjuntas no âmbito da cultura, lazer e saúde nessas comunidades com vista a ressignificar conceitos e sentidos de tempo livre, gênero, cultura e etnia.

Endereço: http://www.rbceonline.org.br/revista/index.php/RBCE/article/view/438

Ver Arquivo (PDF)

Tags: ,

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.