A Relevancia do Treinamento Complexo no Desempenho de Nadadores Competitivos

Por: Augusto Carvalho Barbosa.

2006 14/06/2006

Send to Kindle


Resumo

O objetivo deste trabalho foi verificar o efeito do treinamento de força específica no desempenho na natação. Para isso 14 nadadores competitivos em nível estadual foram divididos em dois grupos: controle (GC / n=6) e experimental (GE / n = 8). Ambos os grupos realizaram o mesmo treinamento durante seis semanas, cinco dias por semana. Adicionalmente o GE realizou um treinamento de força específica denominado treinamento complexo (MC) três vezes por semana em sessões extras durante o mesmo período. Todos os atletas foram avaliados em pré e pós-treinamento por testes específicos, a saber: nado amarrado (força), 3 x 25m (velocidade) e teste de desempenho da distância e estilo de competição. Este último foi avaliado também com os resultados da principal competição (Final). Durante todo o treinamento experimental foram coletadas amostras de sangue nas segundas e sextas-feiras para avaliar respostas da creatina quinase e uréia. De Pré para Pós foram encontradas alterações significantes apenas para a força (p<0,05). O GE também apresentou alteração significante de Pós para Final no desempenho. Os valores de CK e Uréia não apresentaram diferenças intergrupos. É possível concluir que a carga proposta para o MC é eficiente no implemento da força específica sem apresentar indícios preocupantes de lesão muscular e proteólise. Além disso, alterações no deserijpenho podem estar relacionadas com o efeito posterior duradouro do treinamento (EPDT), devido à melhora significante do desempenho do GE no momento Final.

Endereço: http://www.bibliotecadigital.unicamp.br/document/?code=vtls000385670&opt=1

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.