A Segunda Morte de Jigoro Kano: Breve (re)leitura da História do Judô Moderno

Por: Júlio César Bueno Perciúncula.

X Congresso Brasileiro de História do Esporte, Lazer, Educação Física e Dança/ II Congresso Latinoamericano de História de la Educación Física - CHELEF

Send to Kindle


Resumo

Argumenta-se aqui que historicamente o judô moderno se constituiu como um mito e que parahistoricizar esta prática um caminho possível se dá pelo abandono das filosofias da consciência para abordar este objeto a partir das filosofias da linguagem. A condição de Autor historicamente atribuída a Jigoro Kano e a unidade do próprio objeto (o judô) são suspensas possibilitando análises mais amplas desta prática.
 

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.