A Sequenciação dos Saberes Escolares do Componente Curricular Educação Física: Uma Análise das Propostas Curriculares dos Estados Brasileiros

Por: Camila Fernanda Pena Pereira.

174 páginas. 2018 26/06/2018

Send to Kindle


Resumo

O presente estudo aborda questões referentes ao âmbito do currículo, problematizando a organização do conhecimento como um elemento da constituição dos saberes escolares (Souza Junior, 2007). Para tanto, nosso objeto de estudo tem a seguinte indagação: como são sequenciados os saberes escolares de Educação Física nas propostas curriculares dos estados brasileiros? Nosso objetivo principal é analisar como estão sendo sequenciados os saberes escolares do componente curricular Educação Física nas propostas curriculares dos estados brasileiros. Para isso, partimos para identificar as propostas curriculares de Educação Física dos estados brasileiros; compreender as teorias curriculares e as abordagens/propostas pedagógicas da Educação Física que orientam as propostas curriculares dos estados brasileiros; reconhecer e interpretar como estão sendo sequenciados, nestas propostas, os saberes escolares para um tempo e espaço ao longo da educação básica. Metodologicamente, é um estudo de abordagem qualitativa do tipo bibliográfica, exploratória e documental. Na pesquisa bibliográfica, utilizamos como fonte livros, teses, dissertações e artigos com ênfase nas temáticas Currículo, Teorias Curriculares, Propostas Curriculares e Sequenciação dos Saberes Escolares. A pesquisa exploratória serviu de procedimento de coleta de dados e análise da pertinência do objeto em questão e para isso, realizamos buscas pelas Propostas Curriculares dos estados brasileiros nos sites das secretárias estaduais de educação, site da Base Nacional Comum Curricular e no banco de dados do Grupo de Estudos Etnográficos em Educação Física e Esportes ? ETHNÓS nos fazendo contrastar os achados ao tempo de coleta mais recente cujo recorte se deu a partir do ano de 2008 até o presente. Com isso, chegamos à pesquisa documental com o total de 26 Propostas Curriculares de Educação Física, sendo 25 estados brasileiros e o Distrito Federal entre as quais, apenas um estado não dispõe desse documento. Para o tratamento dos dados, foi utilizado o aporte teórico metodológico pautado em Bardin (2011) e Minayo (2012), trabalhando com as subcategorias Documento Curricular e Organização dos saberes escolares a partir da técnica da análise de conteúdo categorial por temática. Percebemos uma tendência de currículo ainda que eclética, voltada para os princípios críticos e pós-críticos em detrimento do tradicional, mesmo que não concordemos com a ausência de definição e/ou alinhamento teórico. Notamos ainda, a demarcação da Educação Física como campo da Cultura, seja ela Cultura Corporal, Cultura Corporal de Movimento ou Cultura de Movimento. Destacamos as propostas curriculares dos estados do Paraná e Pernambuco como as que melhor elaboraram as discussões e desenvolvimento da sequenciação dos saberes escolares ao longo da educação básica. Percebemos grande incidência na tentativa de organizar a sequenciação nas propostas curriculares dos estados brasileiros, porém consideramos necessário um intento de compreender o entendimento do que seja sequenciar esses saberes, prevendo que cada conhecimento seja relevante desde sua seleção, organização (sequenciação) e sistematização nas escolas. Portanto, reconhecemos que a sequenciação somente se efetiva, a partir de uma ordem crescente de apresentação dos saberes escolares dotada de definições, articulações e aprofundamentos, todos esses alinhados a princípios teóricos. 

Endereço: http://w2.portais.atrio.scire.net.br/upe-papgef/index.php/pt/mestrado-academico/dissertacoes-mestrado-academico

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.